CFF sugere serviços farmacêuticos à Secretaria de Vigilância em Saúde

21 de novembro de 2019 por Imprensa

Em reunião na Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde na última segunda-feira (18/11), o Conselho Federal de Farmácia tratou de diversos temas relacionados ao cenário nacional da prestação de serviços farmacêuticos em farmácias, sobre contribuições do farmacêutico na cobertura vacinal, importância da inteligência de dados na integração das farmácias ao sistema de saúde, além da colaboração dos farmacêuticos nas emergências de saúde pública e em desastres.

Foram apresentados os resultados da pesquisa “Rastreamento de Casos Suspeitos de Diabetes Mellitus: Novembro Diabetes Azul 2018”, realizado no final do ano passado pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), com o apoio da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), Universidades Federais do Paraná e de Ouro Preto. Esse estudo teve como objetivo rastrear pacientes com glicemia elevada ou alto risco para o desenvolvimento da doença. Foram atendidas 17.580 pessoas entre 20 a 79 anos, sem diagnóstico prévio da doença. Os resultados do estudo foram divulgados durante o XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Diabetes, ocorrido em 16 de novembro de 2019. Link da apresentação!

O farmacêutico do Hemocentro do Rio Grande do Norte, Gustavo Henrique de Medeiros Oliveira, apresentou relatório de pesquisa realizada durante um ano, com cerca de 30 mil doadores de sangue no Rio Grande do Norte, que identificou 1.500 pessoas com pré-diabetes e 800 com diabetes. Os números foram apresentados no Congresso Brasileiro de Hematologia em 2018 e transmitidos durante o 22º Congresso da Sociedade Brasileira de Diabetes, em Natal.

Durante a reunião, foram entregues: cópia do documento sobre a prestação de serviços farmacêuticos, elaborado para deputado federal Pedro Westphalen; Guia de Prática Clínica sobre Febre; Folder com os resultados da pesquisa Rastreamento de Casos Suspeitos de Diabetes Mellitus: Novembro Diabetes Azul 2018. Além de proporcionar o conhecimento sobre a amplitude de atuação do farmacêutico, a reunião permitiu uma aproximação e reflexões sobre possibilidades de parcerias entre as entidades.

Participaram da reunião, representando o CFF, a assessora da Presidência, Josélia Frade, e os farmacêuticos Cassyano Correr e Gustavo Henrique de Medeiros Oliveira. E pela SVS, o secretário da SVS Wanderson de Oliveira; o diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças Não Transmissíveis (DASNT/SVS/MS) Eduardo Macário; a coordenadora da CGDANT Luciana Monteiro Vasconcelos Sardinha; Mariana C Pinheiro (DASNT); a chefe de Gabinete Suzie Marie Gomes; e a farmacêutica Michelle Flaviane Pinto (PNI).

Saiba mais sobre a atuação de farmacêuticos em situações de desastres

1 – FIP Responding to Disasters Guideline
2 – FIP Statement of Policy on the Role of Pharmacists in Disaster Management, 2017
3 – FIP Declaración de política de la FIP sobre el papel del farmacéutico en la gestión de desastres, 2017

Conheça o hotsite do CFF sobre arboviroses

http://campanhacff.wix.com/farmaceuticoemacao

Fonte: Comunicação do CFF (Murilo Caldas)

PUBLICIDADE

No Banner to display

© 2013, Todos os Direitos Reservados - Conselho Regional de Farmácia - Piauí - Brasil
Conselho Regional de Farmácia do Piauí
Rua Professor Nódgi Nogueira, n° 4193
Bairro Ininga. CEP: 64.048-465
Tel.: 86 3222 8480/ 32262863 Faz: 3222-8999